domingo, 3 de fevereiro de 2013

O Espiritismo é uma religião cristã?

O espiritismo não é uma religião cristã, embora fale muito de Jesus, tenha um evangelho paralelo e faça muita caridade.

O espiritismo não é cristianismo: 1º porque não nasceu com Jesus. Nasceu em 1848, nos Estados Unidos, com duas meninas que ouviram pancadas estranhas no teto e que seriam produzidas por algum espírito. Depois, um professor francês que usou o pseudônimo de Alan Kardec codificou a doutrina espírita em 1857 no livro chamado. "O livro dos espíritos".

Trata-se, pois de uma religião recente que não tem 150 anos. 2º o espiritismo ensina coisas que contradizem o que Jesus foi, viveu e fez. Por exemplo, para os espíritas não existe a ressurreição e sim a reencarnação.

Ora, negar a pessoa de Jesus e do ser humano é negar a fé cristã. 3º o espiritismo não tem altares, cultos, sacerdotes, mediações que Jesus deixou explicitamente para a sua comunidade.

Em contrapartida o espiritismo cria trabalhos e médiuns cujos métodos são ocultos e chegam até a ser ameaçadores. 4º para o espiritismo a Bíblia não é fonte de revelação que, unida à tradição, garante a autenticidade da fé. É um livro com bons ensinamentos e pronto!

Então, rapidamente apontei partes essenciais na diferença entre o Cristianismo e o Espiritismo. Cuidado para não dizer que é tudo igual e pronto. Não é não. Quanto à prática da vida, claro que vale a sinceridade do coração. Por isso, em qualquer religião quem é sincero e quer ser fiel a Deus, pode salvar-se. Por fim, não é a religião que salva! A religião apenas cria condições humanas e materiais para a pessoa salvar-se. É o que tenho a dizer.